Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BoaProva Blog

Blog do Prof.Perdigão. Desde 2007, notícias do BoaProva e comentários sobre educação e outros temas de relevância.

Más notícias para a livre expressão e informação

Duas coisas chamam a atenção na edição de hoje da "Folha de S.Paulo", nenhuma dada em destaque. Chamam negativamente a atenção de quem busca a liberdade de expressão e o direito à informação.

 

Uma delas: Julian Assange, do WikiLeaks, vazou documentos sem edição, comprometendo suas fontes. Difícil imaginar que, em curto prazo, novas fontes possam surgir. E, como sempre, erros como este reforçam a ideia de que o indivíduo corre grandes riscos ao divulgar informações confidenciais. Erros que acabam incentivando o egoísmo e prejudicando o fluxo de informações que devem ser públicas e não o são. Leia aqui.

 

Outra está no artigo de Rogério Meneghini, líder do projeto SciELO, de revistas científicas, dizendo que as revistas brasileiras não têm qualidade porque não têm verba. A solução, para ele, seria que as revistas passassem a cobrar para publicar, possibilitando uma profissionalização da administração. Seria mais ou menos como dizer que um jornal ganharia qualidade ao aumentar o preço de capa, sendo que seriam os mesmos jornalistas a escrevê-lo todo dia, apesar de liderados por um sujeito que passaria a ser remunerado (que seria o mesmo, ou um outro, possivelmente pior, dado que não faria o serviço pelo prazer, mas sim pelo dinheiro). Os blogs e a dinâmica da internet estão aí para mostrar que qualidade de informação e dinheiro não têm tanta correlação quanto se possa achar inicialmente (o WikiLeaks é ótimo exemplo). Em suma, a ideia de Meneghini iria dificultar a vida de quem não pesquisa dentro do paradigma vigente, bem como aumentar os custos dos projetos e inviabilizar pesquisas independentes, especialmente nas áreas de ciências humanas, em que projetos e grandes verbas não são sempre necessários para se fazer pesquisa de qualidade. Iríamos nos igualar ao "primeiro mundo", onde a ciência vem mostrando claramente que qualidade, independência e ética não combinam com interesses financeiros. Lamentável. Leia aqui.

 

Péssimas notícias e opiniões para a liberdade de expressão e de informação.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D