Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BoaProva Blog

Blog do Prof.Perdigão. Desde 2007, notícias do BoaProva e comentários sobre educação e outros temas de relevância.

A reforma do ensino Médio

Entendo que flexibilizar o currículo no sentido que se pretende é um equívoco. O aluno, ainda sem maturidade, em geral, escolherá o fácil. A chance de ficarmos ainda mais para trás é enorme.

 

Porém, é isso o que tem sido discutido no MEC, especialmente pela Secretaria de Educação Básica, há tempos. Dizer que isso foi invenção do ministro Mendonça é desconhecer a trajetória da ideia.

 

É de se lamentar o uso de uma medida provisória para instituir a reforma, sim. É de se lamentar que a reforma não combata os reais problemas. Mas não dá para dizer que a ideia é de governo, e não de Estado.

 

Eis a Folha de 17 de setembro de 2015, muito antes de se iniciar o processo de impedimento de Dilma: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/233327-mal-avaliado-ensino-medio-podera-ter-curriculo-flexivel.shtml

 

Note-se, também, que o então ministro Renato Janine Ribeiro já dizia coisas que conflitam com a reforma que, à época, já se arquitetava. A atual crítica dele, portanto, também é sincera.

 

O ocaso de Lula

A apresentação do promotor do MPF no PowerPoint até que foi boa perto da inconsistência das denúncias. O homem acusou Lula de chefiar um esquema de corrupção e não o denunciou por formação de quadrilha. Fez, portanto, uma falsa afirmação diante de jornalistas. Merecia levar um processo de Lula.

 

Lula, em lugar de rebater as incoerências desse discurso, resolveu responder ao promotor indo à profundeza do que realmente pensa sobre política. Lula disse:

 

“Eu, de vez em quando, falo que as pessoas achincalham muito a política. Mas a profissão mais honesta é a do político. Sabe por quê? Porque todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem que ir para a rua encarar o povo, e pedir voto. O concursado não. Se forma na universidade, faz um concurso e está com emprego garantido o resto da vida. O político não. Ele é chamado de ladrão, é chamado de filho da mãe, é chamado de filho do pai, é chamado de tudo, mas ele tá lá, encarando, pedindo outra vez o seu emprego”.

 

Como recordação de um governante que só fingiu ser de esquerda (alguns ainda acreditam nisso), levo esta:

 

"Lula diz que é mais honesto do que eu."

 

Zero segurança nas Olimpíadas

Até hoje, me assusto ao lembrar que entramos no jogo Brasil x Iraque, válido pelas Olimpíadas, ocorrido aqui em Brasília, sem ter exibido os ingressos para absolutamente ninguém, nem mesmo a um leitor óptico.

 

Na revista corporal para entrar na área que cerca o estádio, o detector de metal apitou, a mulher me perguntou o que eu tinha no bolso, eu disse (mas poderia ter mentido, se fosse uma pessoa mal-intencionada) e ela aceitou as palavras, em lugar de exigir a exibição dos objetos, deixando-me entrar no ato.

 

Já nas catracas de entrada, não havia ninguém, estando, ainda, o portão de saída, ao lado, completamente aberto, exatamente por onde adentramos o estádio.

 

Foi tão bizarro que tivemos vontade de ir assistir a outro jogo sem ingressos, só para ridicularizar o pseudoesquema de segurança.

 

Obviamente, ficou na vontade.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds