Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BoaProva Blog

Blog do Prof.Perdigão. Desde 2007, notícias do BoaProva e comentários sobre educação e outros temas de relevância.

Ainda sobre a eleição

Dos três principais candidatos à presidência, só Aécio é o que se esperava.

 

Não se esperava ver Dilma atacando com tanta virulência a candidatura Marina.

 

Mais inimaginável foi ter visto Marina apoiando Aécio!

 

Dos três, no entanto, a depender do futuro, Marina pode ser a grande vitoriosa.

 

Há de se lembrar que, no mínimo, os próximos dois anos serão de muita dificuldade.

 

Os dois seguintes dependerão de muitos fatores, não dá para saber.

 

Mas ser oposição em tempos difíceis costuma ser melhor que ser situação.

 

Se ganhar Dilma, Marina segue na oposição e busca fazer mais barulho que qualquer outro partido ou postulante à presidência.

 

Se ganhar Aécio, na primeira aeciada do governo, Marina rompe, grita que foi enganada, ela e milhões de brasileiros, e corre para a oposição.

 

Manter-se quieta ou na situação é suicídio político.

 

Agir como postulante para 2018 desde o começo de 2015 é sinalizar que a terceira via sobrevive e está personificada.

 

Educação superior nas eleições

Uma das opções mais infelizes do governo FHC foi, sem dúvida, o sucateamento das universidades federais.

 

Os trabalhadores dessas universidades rejeitam Aécio em massa por conta disso.

 

Quem não era professor naqueles tempos bicudos, era aluno, e passava por situações de penúria. Isso quando tinha aula.

 

Nesse contexto, eu não sei o que representa esse concurso para tantas vagas na Universidade Estadual de Montes Claros.

 

Um edital publicado no começo deste mês, já pintando vitória certa de Fernando Pimentel em Minas, e sem a certeza de Aécio passar ao segundo turno.

 

Talvez a intenção fosse dupla: impingir mais um gasto inesperado ao novo governo mineiro, e ao mesmo tempo demonstrar uma preocupação tucana com a educação superior.

 

Quem tem outra explicação, que me conte.

 

Aos aecistas que frequentam o espaço

Aécio quer vender a ideia de que Minas paga o piso salarial nacional aos professores da educação básica. Não paga.

 

Não sou eu quem fala. É o Sindute-MG, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais.

 

Aliás, essa informação consta aqui, no site da EBC. Os asteriscos mostram que Minas paga acima do piso apenas se consideradas gratificações, o que significa que o professor na ativa está acima do piso, mas quando se aposenta ganha menos que o piso. Uma safadeza com o servidor.

 

Essa crítica também está no site do Sindute-MG, que também tem um placarzinho que, neste dia 10 de outubro, diz que, até ontem, 9 de outubro, "O Governo de Minas Gerais está há 1191 dias sem pagar o piso salarial."

 

Falando em críticas, claro, o Sindute-MG é filiado à CUT etc., etc., mas vale ler o que eles têm a destacar sobre Aécio. Não há exageros. O texto é baseado em fatos, em números, e não em retórica, e daí vem a sua credibilidade. Está aqui.

 

Mais pílulas eleitorais

Marina tem algo em torno de 23 anos de PT.

 

Dilma tem algo em torno de 13 anos de PT.

 

A época em que cada uma delas fez parte do PT também diz algo.

 

Diante dessa história, Marina apoiar Aécio, eventualmente, só faz sentido no plano pessoal.

 

Não é Marina apoiando a direita. É Marina se vingando mais uma vez da forma rasteira de Dilma lidar com ela.

 

Outro troco foi a aliança com Eduardo Campos, como resposta à influência de Dilma na negação de registro à Rede Sustentabilidade.

 

A forma como o PT conduziu a campanha, atacando Marina num grau tão diferente daquele que reservou a Aécio, assusta.

 

Se Dilma foi capaz de fazer tudo o que fez na campanha contra uma ex-petista, o que não é capaz de fazer contra o povo?

 

**

Recordar é viver: em 2012, Dilma viu a greve de inúmeras categorias do funcionalismo federal. Ignorou a todos por mais de dois meses. Não negociou. Colocou uma proposta na mesa e estabeleceu que ela seria a única. Pegar ou largar.

 

Agora, na contracorrente do mundo inteiro, diz que guerra não resolve a situação do Estado Islâmico. Propõe o "diálogo".

 

Aliás, o mesmo "diálogo" que já havia sugerido em 2013, com os black blocs.

 

Bem, Dilma pode ganhar.

 

Se isso acontecer, fica a dica aos grevistas: Dilma só dialoga com radicais.

 

**

Quem disser que Aécio é melhor precisa conhecer melhor a pessoa e o que foi, por exemplo, o seu governo em Minas.

 

Autoritarismo, presunção, interesse pessoal acima do interesse público, ataques pessoais a quem é visto como ameaça, abundam tanto no 13 quanto no 45.

 

As opções com algum resquício de ética perderam no primeiro turno.

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds