Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BoaProva Blog

Blog do Prof.Perdigão. Desde 2007, notícias do BoaProva e comentários sobre educação e outros temas de relevância.

Notas de meio de semana

1) Estamos buscando um local definitivo de aulas na Capital, como já disse. Mas é possível que venhamos a ter aulas em novo local provisório, por conta da redução inesperada do número de alunos adimplentes, já neste fim de semana. A definição sai entre hoje e amanhã. Às vezes acho caro o aluguel que pago no interior, mas o sossego não tem preço...

 

2) Estou devendo retorno telefônico a uma série de pessoas. Peço paciência.

 

3) São Carlos não terá Turma de Maio porque não houve interesse da parte dos alunos pelos horários em que eu podia atendê-los, assim como não houve interesse da minha parte por montar uma turma com professores e métodos que não são de minha confiança no horário da quarta à noite, embora houvesse, sim, número suficiente de interessados. Disse para um pessoalzinho do colégio Caaso que veio me procurar e repito: curso/professor de exatas com qualidade não se encontra facilmente em São Carlos. Se assim fosse, não ouviria todo dia: Daniel, porque você não é professor da minha escola? Todo dia, algumas vezes de mais de um aluno. Então, melhor manter a qualidade, mesmo perdendo alunos. Por questão de competência e ética profissional.

 

4) Estamos a pouco de ter de confirmar individualmente a presença nas aulas particulares do dia seguinte em São Carlos. Para esta semana, já há lista de espera.

 

5) Quanta gente tem me procurado trazendo currículo! Gente, o BoaProva é curso de um único professor. Pelo menos enquanto eu não encontrar alguém realmente confiável, competente, e que queira ficar se arriscando a andar de moto na Washington Luís nas madrugadas como eu faço para manter um curso deficitário em Rio Claro, ou se arriscando a perder a namorada porque tem o sonho de ver a escola crescer, porque ama o que faz, e trabalha de segunda a segunda, sem descanso, interior e capital. E, claro, que seja superdotado - mande ver nas três matérias - e que se comunique bem. Falta pouco para eu colocar no site para que você, interessado em trabalhar no BoaProva, não entre em contato, para que deixe seu currículo no Catho, o que será bem mais produtivo para mim e para você.

 

P.S. de 19 de janeiro de 2009: O BoaProva deixou de atuar em Rio Claro desde ontem.

 

Notas de início de semana

1) Foi aceito para apresentação no próximo Encontro Nacional de Ensino de Química (julho, em Curitiba) o meu trabalho, intitulado "Uso de fatores de conversão no ensino de Cálculos Químicos para o nível Médio: o desenvolvimento e a opinião dos alunos". Estava com grande expectativa sobre essa aceitação, sabendo-se que nos últimos dois eventos tive os trabalhos negados. Um deles, certamente injustamente; o outro, não sei. Já temos reservas em hotel, e o BoaProva patrocinará nossa presença no evento.

 

2) O ambiente de trabalho da turma de Rio Claro está extremamente positivo. Eu aprecio muito este retorno dos alunos, é o que motiva o professor. Ainda mais sabendo que estamos no vermelho em Rio Claro, apesar de atendermos a um número crescente de alunos na cidade. A impressão que tenho em Rio Claro é a de que os alunos nunca viram nenhuma aula sobre técnicas que facilitam ou melhoram o desempenho em exatas. Creio que, ao contrário de São Carlos, que possui vários centros de excelência na área de Ciências Exatas, o fato de Rio Claro não os ter faz com que não haja inovação significativa no ensino. Fico triste e feliz. Triste porque, ao que parece, Rio Claro tem um nível de educação baixo (mas poucos se dão conta disso - há quem tente contornar indo a Piracicaba fazer cursinho CLQ-Objetivo... será que adianta?). Feliz porque o BoaProva vem para quebrar paradigmas e tem tudo para crescer em Rio Claro.

 

3) Ainda sobre Rio Claro, na semana passada, tivemos a procura, por algumas pessoas, pelas aulas particulares. Uma delas alegou que não paga mais que dez reais por hora para o professor particular de matemática. Eu me pergunto quanto essa pessoa está disposta a pagar pelo serviço de um cabeleireiro ou um eletricista. Certamente, mais que isso. E deve achar normal. Mas, pior que isso, é alguém sair por aí dizendo que é "professor de matemática" e cobrar essa esmola. Sim, esmola. Porque, por esse preço, daqui a pouco essa pessoa vai ter de morar embaixo da ponte. O "professor", pelo jeito, não sabe fazer essa conta. E nós seguimos atendendo, em aulas particulares, apenas a alunos da escola mais cara e elitista da cidade, por enquanto. Enquanto não se quebrar o paradigma local de que todo professor é igual. Ainda não sei como mostrar aos alunos rio-clarenses que o ensino de exatas pode ser diferente, e que agora há algo diferente na cidade. Quem já fez aula conosco, pôde comprovar.

 

4) Estamos à procura de um local permanente para as aulas do BoaProva Capital. Consideramos que a abertura da turma de Extensivo, apesar de ter menos alunos que o necessário, foi bastante positiva. E esperamos uma boa procura para o Semi de Agosto. Mas precisamos de um local para as aulas, visto que o atual não abre aos domingos. E a crescente inadimplência no curso da Capital está nos forçando a acelerar a busca por um local permanente, que possa ser usado sem limite de tempo. Inadimplência que nunca observei no interior, e que está nos levando a repensar a política de cobrança e, principalmente, a minha postura de flexibilidade. É possível que pessoas com contrato assinado e que não compareceram às aulas venham a ser notificadas e cobradas judicialmente. Afinal, contrato não é papel de pão.

 

5) Ainda em São Paulo, como discuti com os alunos, é preciso encontrar uma maneira de otimizar o aproveitamento das aulas. O atraso no cronograma pode ser atribuído ao fato de eu não estar acostumado a trabalhar com alunos que têm pouca disponibilidade de horário para estudos. Além das idéias surgidas no sábado, nessa discussão, também poderá contribuir para o acerto do calendário a existência de local próprio, para que possamos marcar aulas extras em algum domingo ou em julho.

 

6) Junho é um mês de alta procura por aulas particulares. E os horários vagos já quase inexistem em São Carlos, a ponto de eu ter, inadvertidamente, marcado duas aulas para o mesmo horário (peço desculpas novamente à aluna prejudicada, que terá crédito de uma hora de aula como forma de compensação). Para completar o quadro, haverá um dia reservado para a minha defesa de dissertação, na semana de 16 a 20 de junho. Quem tem interesse em aulas particulares, que nos procure logo. E aqueles que têm aulas marcadas, ou horário fixo, poderão ter de confirmar, aula a aula, a sua presença. Como se explicará em nosso contato, isto é necessário para evitar desperdício de horários, algo nocivo tanto para mim quanto para o aluno em lista de espera. Infelizmente, apesar de serem minoria, há alunos que simplesmente não aparecem para as aulas, ou as desmarcam com antecedência insuficiente para que se possa colocar outro interessado no horário vago. Esses alunos, em último caso, poderão ter tratamento de reciprocidade, por uma questão de justiça com os alunos justos. Por isso, conto com a colaboração de todos.

 

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

subscrever feeds