Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BoaProva Blog

Blog do Prof.Perdigão. Desde 2007, notícias do BoaProva e comentários sobre educação e outros temas de relevância.

Para renovar o pessimismo

Alguns links coletados nos últimos tempos, sombrios:

– O puritanismo hipócrita ganhando força

O que era puro humor leve há alguns anos, agora é motivo para o agente público usar de sua posição para forçar as pessoas a seguirem seu puritanismo hipócrita:

https://au.yahoo.com/news/mums-pb4wego-number-plates-recalled-because-theyre-offensive-024118846.html

– O preconceito e sua principal raiz: a ignorância

O quê? Números arábicos? Aqui nos EUA? Terrorismo!

https://www.nytimes.com/2019/06/04/opinion/arabic-numerals.html

– A César o que é de César

A comunidade científica brasileira que depende de verba, porque faz pesquisa cara, votou maciçamente no mi(n)to. Cavou a própria sepultura. Espontaneamente e com sorriso no rosto. Agora, vem cavar vaga no exterior. "Fuga de cérebros", dizem. Cérebros?

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldojoselopes/2019/09/caos-criado-na-ciencia-brasileira-talvez-seja-uma-escada-para-o-governo-bolsonaro.shtml

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/ilona-szabo/2019/09/bye-bye-brasil.shtml

 

 

Feito para idiotas

A primeira patente de Thomas Edison foi a de uma "máquina de votar". Quando membros do Congresso viram a máquina, rejeitaram-na de pronto. Interessava-lhes que a votação fosse lenta, para que pudessem continuar pressionando colegas a mudar de posição.

http://edison.rutgers.edu/vote.htm

Gente esperta, que não cai por qualquer casca de banana.

Agora, outros espertos vêm com a "máquina de pagar". Para tirar dinheiro da conta dos trouxas bem rapidinho.

Como já disse o multibilionário misógino Zuzu, transferir dinheiro deveria ser tão fácil quanto transferir uma foto.

Da conta dele para a minha?

Só trouxa para cair nessas.

https://inteligenciademercado.blogfolha.uol.com.br/2019/10/15/paraquedistas-fazem-salto-para-mostrar-facilidade-de-pagamento-com-cartao-por-aproximacao/

https://www.vox.com/recode/2019/6/18/18682748/facebook-cryptocurrency-libra-calibra-analysis

 

A educação básica floresce porque não é federal

Sempre fui contra a tal "federalização" da "iducação", como dizia um ex-senador e ex-presidenciável que, finalmente, submergiu.

Uma ideia aloprada, por pretender centralizar o que precisa ser descentralizado, para poder inovar, para poder ser livre.

Como estaríamos agora, se tivéssemos a educação federalizada? Melhor nem pensar. Melhor ver o que está acontecendo graças à NÃO federalização.

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2019/08/longe-de-polarizacao-nacional-estados-articulam-acoes-educacionais-entre-si.shtml

P.S.: Enquanto isso, a educação básica mais cara do país vai ficando cada vez mais para trás em qualidade e em gestão democrática. A reportagem menciona o absurdo ditatorial, militarista, cometido por aqui. Que contraste!

 

Os rumos do idioma inglês

Artigo muito interessante do NY Times trata dos rumos do inglês (nativo) à medida que se fortalece, inclusive com o auxílio da tecnologia, como língua franca:

https://www.nytimes.com/2019/08/10/opinion/sunday/europeans-speak-english.html

 

Já o Uol não sabe bem as conclusões a tirar. Primeiro, resolveu dizer que "A tradução automática pode derrubar o inglês como língua universal" (é o título do documento digital). Depois, resolveu alterar o título do texto para "Máquinas podem acabar com a necessidade de aprendermos outros idiomas" (o que é outra bobagem, dado o conteúdo do texto).

https://tab.uol.com.br/noticias/redacao/2019/08/06/a-traducao-automatica-pode-derrubar-o-ingles-como-lingua-universal.htm

 

A aposta de ambos no curto e médio prazo é a mesma: inglês cada vez mais forte. E tradutores automáticos fazendo um trabalho que nunca terá a nuance do pensamento humano. A longo prazo, é temerário fazer previsões muito seguras.

 

Portanto, só uma saída imediata para se comunicar bem por aí: um bom domínio do idioma inglês.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds